O que você está procurando?

Árvores e plantas para seu apartamento

Conheça novas ideias para cultivar árvores de diversos portes e decorar seu apartamento. Elas podem até ser frutíferas, confira!

É comprovado cientificamente que as plantas promovem saúde e bem-estar, sendo usadas, muitas vezes, como artifício terapêutico. Esse é um dos motivos pelos quais a presença de verde nos ambientes se tornou uma tendência para arquitetos e designers, que buscam promover maior sensação de relaxamento e conforto emocional em seus projetos por meio da aplicação do que se reconhece como neuroarquitetura na área. 

Prova disso é a biofilia, que traduzido significa ‘amor às coisas vivas‘ e tem como principal objetivo conectar humanos com a natureza para melhora do humor e da saúde mental como um todo. Popularizado como arquitetura biofílica e design biofílico, essas vertentes buscam trazer a natureza para dentro de casa com o intuito de promover essas melhorias no dia a dia. 

A utilização de plantas em ambientes domésticos se expandiu para além dos jardins, sendo um adereço cheio de valor afetivo nos lares brasileiros, com cultivo popularizado em nossa cultura. Comumente associado a gerações mais velhas, o amor por plantas e seu cuidado indoor ganhou novos adeptos na pandemia quando a população mais jovens passou a desenvolver este hábito como um mecanismo para lidar com a ansiedade do período de isolamento e promover bem-estar e saúde dentro de casa.

Mesmo com a saída progressiva deste cenário de isolamento, o cultivo que transpassa gerações ganha força e conta com uma novidade: o plantio de árvores dentro de casa. Para começar a cultivar árvores de pequeno, médio ou grande porte em ambientes internos, o primeiro passo é  estudar os espaços da casa para avaliar a incidência de sol, altura e largura disponíveis para o crescimento da muda. 

Após isso, você poderá escolher a espécie, frutífera ou não, e o vaso apropriado para o espaço disponível versus a proporção de crescimento da muda. Afinal, nem toda árvore precisa ser grande, existem árvores de pequeno e médio porte que cabem perfeitamente num apartamento.

A partir disso, separamos algumas ideias para plantar árvores e decorar seu apartamento. Confira! 

1 – Vasos pequenos

Foto de ISTOCK

A árvore de bonsai é um tipo de arbusto ou planta ornamental que cresce em um pequeno vaso sem desenvolver seu tronco para o tamanho normal. Eles são artificialmente cultivados como árvores-anões e permanecem pequenos mesmo quando adultos devido a uma técnica milenar da cultura japonesa. Por isso, o bonsai é plantado em pequenos vasos de cerâmica que não exigem troca ao longo da vida.

Além do Bonsai, também é possível plantar minirromãs em vasos pequenos de cerâmicas. 

 

2 – Jardim de vasos

 

Foto de Romulo Fialdini / Divulgação

Em vasos maiores, é possível plantar árvores maiores, como é o caso das palmeiras, jibóias, samambaias, amoreiras, pitangueiras, oliveiras e até mesmo laranjeiras, entre outras espécies de sua preferência. Para o projeto do apartamento da arquiteta Paula Zelazo, o paisagista Gilberto Elkis fez um verdadeiro jardim de vasos no espaço da varanda de 70 m². 

3 – Painel de madeira 

 

 

Foto de Edu Castello / Divulgação

Outra opção para plantar pequenas árvores em apartamento é a utilização de um painel de madeira, mecanismo versátil que também pode ser usado para cultivar uma horta, com cebolinha, alecrim, orégano, pimentão, tomate e espécies de chás como hortelã, cidreira e menta. Para esta opção, é interessante criar uma rede apropriada de escoamento da água e impermeabilização dos painéis.

A ideia fica bastante evidente no projeto de interiores da arquiteta carioca Ana Paula Souza, que criou um painel de Cumaru para a varanda de um apartamento no Rio de Janeiro. 

 

 

4 – Caixa de contenção

 

Foto de Evelyn Müller / Divulgação

Uma boa dica para jardins sobre laje, como é o caso de apartamentos,  é criar uma caixa de contenção de alvenaria para abrigar as árvores. Essa solução aumenta a profundidade disponível para a raiz crescer e pode servir de vaso para árvores de médio porte. 

No projeto da arquiteta Ana Paula Souza, além da horta vertical com o painel de madeira, ela também utiliza uma caixa de contenção que abriga a grande pitangueira na varanda. O projeto de paisagismo de Paula Magaldi também utiliza caixas de contenção, que são integradas ao deck de madeira. 

 

 

5 – Jardim de inverno

 

Foto de Julia Ribeiro / Divulgação

O projeto da arquiteta Patrícia Westphal teve como destaque o jardim de inverno fechado com vidro, integrado à escada para o segundo pavimento de um apartamento duplex no Itaim, na área social que dá acesso à cobertura. 

 

As árvores mais escolhidas para jardim de inverno são: Espada de São Jorge, Palmeira Ráfis e a “queridinha” do momento, a Ficus lyrata (ou figueira-lira), que está em alta na decoração. Entretanto, essa espécie precisa de manutenção, pois gosta de sol, apesar de crescer bem em meia-sombra e precisar de muita água. 

 

Principais vantagens de cultivar árvores em casa

 

As principais vantagens de cultivar árvores para dentro do lar é purificar o ar. As folhas absorvem o dióxido de carbono para auxiliar na estrutura e nas funções da planta. Junto com o gás carbônico, ainda são absorvidos a poeira e outros contaminantes como monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio e de enxofre.

As árvores também podem colorir o ambiente e ajudar a amenizar a temperatura, porque criam proteção contra a radiação solar.

 

Leia também:

Mata Atlântica: a importância do bioma

Grupo Indusparquet lança ação #MundoVerdeModoON

Designer cria projeto de móveis sustentáveis

Compartilhe

Interessou?